Arquivo | janeiro, 2013

O segredo é deixar fluir…

29 jan

Imagem

 

E então você chegou. De forma extremamente sutil. Chegou e conquistou para si um espaço que a muito tempo varias pessoas vieram tentando de forma frustrada ocupar. Nunca havia me ocorrido nada parecido.

E mesmo repleta de medos e receios, não relutei. eu deixei fluir. 

Fluir. Sabe? Esse pensamento moderno de que prosseguiremos com relacionamentos e situações até onde eles realmente devam durar, de forma natural…

Geralmente essa historia nunca acaba bem, porque é o mesmo que construir um futuro problema. Mas eu não perco meu terrível interesse por desafios, por mais que eu saiba que lá frente alguém possa sair magoado não quero pensar lá na frente e sim nesse momento… Viver coisas novas, por mais loucas que sejam, isso sempre me deixou fascinada.

A regra é simples: viver, tu encontra a pessoa que você sempre sonhou, ouve coisas que você gosta de ouvir, faz planos, compartilham segredos, mas acima de tudo você tem que controlar as borboletas no estomago… Malditas borboletas!

Se você conseguir viver tudo isso sem romantizar tudo você sai ilesa e ainda com uma bela historia p contar, mas se no meio do caminho você da brecha p alguma borboleta aparecer tudo vai pelo ralo e o que tinha tudo p ser uma linda história de 2 jovens que só querem ser felizes vira mais uma daquelas historias de amor não correspondido e blá blá blá…

Antes uma amizade colorida coberta com cores fortes e neon do que um amor monocromático e sem graça…

Tudo indo perfeitamente bem até agora, eu tenho a habilidade não envolver sentimentalismo em tudo…

Mas acho que tudo que acontece tem um por quê… Ainda está escrito Maktub

Ela amava escrever…

29 jan

Imagem

 

Ela amava escrever. Era como se, através de textos, ela pudesse vomitar todos os sentimentos que não tinha força para dizer em voz alta, ou nem sabia que estavam dentro dela.

Sua mente transbordava. Ela tinha tanto para raciocinar. Solucionar questões rotineiras pareciam tão necessárias, agora.

A realidade estava tão na sua cara. Tudo parecia ter ganhado uma nova proporção.

Não pode voltar, contudo, é impossível seguir.

Transformava tudo em textos pois já não cabia mais dentro dela e ninguém entenderia se ela falasse…

Certas vezes chorava baixinho ainda precisava manter a pose d durona, muitas vezes chorava internamente, não conseguia soltar uma lágrima.

O medo muitas vezes já tomou conta dos seus sonhos, afinal, ela é frágil.

Espírito forte, coração mole e uma mania incessante de continuar escrevendo

Você foi feliz, ontem, hoje?

3 jan

Imagem

Você está feliz nesse momento na frente do computador? Você foi feliz, ontem, hoje?

O amanhã já virou hoje, então viva intensamente…

Não desperdice seu tempo com coisas negativas. Ser feliz tem q estar no topo de sua lista de prioridades. Tenha smp um sorriso no rosto ninguém precisa saber que você teve um mal dia. Lá fora vai ter sempre alguém para te julgar, isso é inevitável. Ignore a energia negativa lá fora, porque dentro de você existe um poder bem maior do que você pensa

 Acorde e viva. Mova-se. Faça seus sonhos acontecerem.

Transmita vibrações positivas para as pessoas a sua volta.

Ache graça naquilo que não tem graça. A vida é sua, somente sua. Ninguém pode ser feliz por você. Viva, nunca deixe de viver, esqueça pelo menos um dia todos seus problemas, olhe pela janela, tem um dia lindo lá fora, o sol está brilhando, o céu está azul, pra que ficar jogada pelos cantos se lamentando?

Aproveite o dia, tome um banho de mar, purifique a alma… Abra sua mente, abrace o mundo, viaje para qualquer lugar, aprenda culturas diferentes, faça com que sua vida seja a melhor, escreva a sua história E transforme- se na melhor edição feita de você.

Página 1 de 365.

1 jan

 

Imagem

Capitulo 2013.

Página 1 de 365.

 Um livro em branco, e quem escreve esse livro é você.

365 oportunidades para ser feliz, 365 páginas para fazer tudo diferente, acrescente um pouco de magia em cada página…

“Fechei os olhos e pedi um favor ao vento: Leve tudo que for desnecessário”

Sei lá, mas chega uma hora que a gente tem que tomar umas decisões e jogar fora ou invalidar velhas escolhas.

Talvez o segredo seja pular para o próximos parágrafo, talvez ir para outra página, o mundo não para só porque temos que recomeçar algo que deixamos de fazer.

A gente cresce, tenta, sofre, sorri e cansa. 

Finalmente  vou fazer as coisas do meu jeito. Nada de coração machucado, pois as feridas se curam com o tempo. Nada de ilusões amorosas.

Do meu jeito leviano e um tanto quanto sério de me cobrar as coisas.

Da forma mais tranquila e serena de ver o mundo enquanto um furacão passa pela minha janela

Agora é hora de colocar num saco de lixo tudo que se estragou, promessas que nunca foram cumpridas, mentiras e decepções.

Não adianta de nada a gente tentar colocar reticências no lugar de um belo ponto final.

Então bora que o capitulo 2013 só acabou de começar, e no que depender de mim, vai ser o melhor desse livro chamado minha vida, e no seu?!